Ortodontia  

orto

Ortodontia

A função principal do tratamento ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária que é fundamental para a correta mastigação e, consequentemente, a adequada nutrição e saúde bucal.

Com o restabelecimento da oclusão, evitam-se problemas relativos à respiração, deglutição, fala e articulação temporomandibular (ATM).

Tipos de Aparelhos
  • Aparelho fixo
    Esse é o tipo mais comum. Possui bandas, fios e/ou braquetes. Os dentes são puxados, movendo-se gradualmente em direção à posição correta "Por não permitir a remoção, não dependemos muito da colaboração ou utilização por parte do paciente para obter resultados efetivos. Com esse aparelho conseguimos movimentos precisos dos dentes, porém exige um cuidado maior na sua higienização", explica o expert em aparelhos. Além disso, o profissional ressalta que os aparelhos fixos atuais estão muito mais anatômicos e confortáveis para a boca.
  •  

     

  • Aparelho de contenção
    Os aparelhos de contenção são aparelhos instalados assim que o aparelho fixo é removido, dando início à fase que leva o mesmo nome dos aparelhos: fase de contenção. Eles têm como objetivo manter o resultado e a posição final dos dentes alinhados por mais tempo; por isso, é fundamental usá-los conforme a orientação do seu ortodontista.
  •  

  • Aparelho estético
    Possui a mesma função que o aparelho de metal: corrigir dentes tortos e desalinhados. Porém, esse modelo é feito de materiais transparentes, mantendo assim uma melhor estética quando comparado ao metálico. Os braquetes são feitos, em geral, de policarbonato, porcelana ou safira. Além de super discreto, eles não desgastam e proporcionam mais segurança e beleza ao sorriso do paciente. A procura por esse tipo aumenta constantemente. É uma excelente opção para quem quer e precisa corrigir a má formação sem deixar de lado a estética e a aparência.
  •  

     

  • Aparelho autoligável
    Este tipo de aparelho ortodôntico, elimina a necessidade de utilização das boas e velhas “borrachinhas coloridas”. A função dessas “borrachinhas” é prender o fio do aparelho ao braquete (aquelas pecinhas que são coladas dentem a dente) e o aparelho autoligado não precisa dessas borrachinhas. Os braquetes desse tipo de aparelho são super tecnológicos e cada um deles tem uma portinha que abre e fecha. Então o dentista abre a portinha, coloca o fio lá dentro e fecha a portinha.
  •  

  • Aparelho móvel
    Muito eficaz para crianças com ou sem dentição definitiva. Em geral, até uns 12 anos de idade é aconselhável esse tipo de aparelho. Explicando de uma forma bem simples, o aparelho móvel tem a função de manter os dentes na posição certa, por isso, ele é indicado após a retirada do aparelho fixo para conter o desalinhamento dos dentes. Mesmo que seja móvel, seu uso deve ser constante. Deixar de usá-lo regularmente pode prejudicar todo o resultado do tratamento. Fique esperto!